Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

É muito fácil sorrir e ser feliz

A felicidade nasce connosco e cresce na nossa companhia desde que os pais sejam gente cordata, amigos de ajudar os mais necessitados e viver a vida em comum com vizinhos, conhecidos, familiares e amigos.

O importante mesmo é o exemplo dos pais, trabalhadores, amigos da leitura e explicando sempre tudo o que lhes é perguntado.

Diga-se o que se disser, a felicidade nunca é completa numa família se houver falta de dinheiro.

O dinheiro faz parte da felicidade.

Tanto o dinheiro em excesso como a falta dele diminuem em muito o caminho para a felicidade.

Embora o analfabetismo já pudesse ter sido erradicado neste últimos quarenta anos devido ao avanço das sofisticadas técnicas que hoje existem, infelizmente ainda contamos com um número significativo de analfabetos.

O conhecimento é uma fonte de felicidade. Através dele podemos atingir tudo quanto desejarmos.

O conhecimento abre portas nos empregos civis, públicos e à felicidade.

Podemos ser Presidentes da República, Governantes, Deputados e, nestes cargos, podemos usufruir ainda mais a felicidade se neles conseguirmos ajudar o País e todos aqueles que nele vivem, incitando os mais medrosos ou mais hesitantes a saberem a melhor maneira como obter o que pretendem ao frequentar cursos como aqueles que são estimulados em países como na Alemanha, Inglaterra, Holanda, Suécia, Noruega, em que num espaço de dois anos se compreende o que se faz na Europa evoluída e como se gere a relação entre as pessoas.

A grande felicidade é sabermos as outras pessoas felizes, tenham elas o estatuto que tiverem. Isso faz-nos bem. Sentimo-nos acompanhados mesmo sem termos ninguém à nossa volta.

A felicidade pega-se, dá coragem, dá bem-estar, tal como para o homem que gosta de ver uma mulher bonita; bem arranjada e inteligente, que sabe falar sobre a vida e a maneira como os governantes governam ou deviam governar as nações, sabem dizer uma graça subtil e têm perspicácia mental. Isso enche-os de coragem para trabalhar e com mais vontade de ser ainda melhor naquilo que fazem, porque a mulher soprou o bafo inspirador da vida e acelerou um dos seus motores de felicidade.

O sorriso, o ar natural e simpático de quem está feliz, com moderação para os tristonhos, e mais esfusiante para aqueles que caminham com confiança no futuro, provoca o efeito motivador para encarar a vida com a alegria de quem acredita e si.

C.S

publicado por regalias às 05:54
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

. Portugal, políticos, poli...

. Portugal nas mãos de Cost...

. Cavaco e os pindéricos co...

. Legislativas foram uma de...

. Diarreia mental de batráq...

. Votação, Câmaras, competê...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds