Sexta-feira, 2 de Agosto de 2019

Entre "ditadura" do bom senso e ditadura sem tomates

Depois de 45 anos da Ditadura, do roubo de um milhão e duzentos mil de hectares de terras, da promoção de militares expulsos por corrupção e reintegrados nos postos seguintes com o pagamento de retroativos, da destruição do tecido empresarial português, do assassinato de inocentes e o perdão dos assassinos pelos ditadores que transformaram Portugal num país de pedintes contabilizados pela União Europeia. São dois milhões e seiscentos mil. Comparados com a “ditadura” do bom senso e do progresso, este país tornou-se um caso perdido

E nem António Costa nem Centeno parecem ter a coragem suficiente para desmontar esta destruição e maldição de um país que foi senhor do mundo no século XVI e no século XX, depois de uma Ditadura democrática ter lançado o país na lama e no desespero, ter aparecido um Homem inteligente e honesto que colocou Portugal no são.

Mas há sempre uma pequena máfia organizada, que através da Comunicação Social tem conseguido sobreviver depois do 25 de Novembro e subverter tudo o que é sensatez, trabalho e fraternidade.

Mas a situação não pode subsistir por muito mais tempo.

O Presidente da República que tem baloiçado de um lado para o outro podia, no meio dos beijinhos, das selfies e dos abraços ouvir o que o povo tem para dizer. Mas o Marcelo faz das beijoqueiras uma corrida sem lamúrias. A excitação do beijo trava as dores, mas não as evita.

Com menos pressa e mais ouvido frente às câmaras de Televisão, talvez o Costa se encha de coragem e force uma moratória urgente para travar as greves até às Eleições legislativas.

Os produtores de Leite e de Tomates já vieram apresentar os milhões de prejuízos caso os motoristas levem por diante as greves e o perigo que daí possam advir. Os acidentes com produtos altamente inflamáveis são algo que não se pode ignorar num Verão com temperaturas entre os 35 e os 40 graus

Se o Costa e o Centeno não decretarem uma moratória que trave os excitados das greves arriscam-se a ficar em pelo, sem leite e sem tomates.

 

Anterior “O Doutorado da Felicidade, da mentira e do engano”

C.S

publicado por regalias às 17:56
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Sarin a 2 de Agosto de 2019 às 18:21
Seria interessante se o autor fosse coerente com a opinião que expõe.
Por exemplo, e para começo, restaurando o princípio de apenas publicar loas ao governo - ou críticas crípticas, se o conseguir.

Porque convirá ser absolutamente imbecil defender o Estado Novo e as suas virtudes sem defender uma das suas, e de qualquer ditadura, vitaminas: a censura.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

. Portugal, políticos, poli...

. Portugal nas mãos de Cost...

. Cavaco e os pindéricos co...

. Legislativas foram uma de...

. Diarreia mental de batráq...

. Votação, Câmaras, competê...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds