Segunda-feira, 5 de Fevereiro de 2018

Esquerda e Direita têm de acertar o passo

Marcello dizia que apontava para a Direita e ia para a Esquerda.

Esta foi sempre a linha do antigo regime, desde Salazar a Marcello.

O sucesso do Estado Novo foi precisamente esse. Todos eram portugueses e todos tinham os mesmos direitos e deveres fossem da Esquerda, da Direita, da Extrema-Esquerda ou da Extrema-Direita. Tinham de todos cumprir as leis. A lei era igual tanto para uns como para outros.

Aqueles que criticam o antigo regime ou são estúpidos e ignorantes ou não viveram aquele tempo, quando os homens do Governo eram de uma dedicação e honestidade a toda a prova.

Só assim é possível explicar a recuperação de Portugal depois da Primeira República, 1910-1926, onde todo o país vivia na miséria e só os políticos se governavam razoavelmente. Basta escrutinar a história nos jornais e livros da época para saber a verdade das afirmações.

Neste nosso tempo, depois da pesada herança que foi esbanjada pelo Vasco Gonçalves e depois da entrada na CEE e consequente passagem para a União Europeia, todos os dinheiros acumulados no Estado Novo e os recebidos da União Europeia tinham de fazer evoluir o país, ao mesmo tempo que o endividavam sem explicação plausível.

Passados estes 43 anos é tempo mais que suficiente para, atingidos os 44 anos, a Esquerda, a Direita e os extremos perceberem que o tempo inconsciente acabou, se quiserem salvar os Partidos.

Para o Português tanto lhe faz ser Governado pelo Costa, pelo Rio, pela Catarina, pela Cristas ou pelo Jerónimo, desde que Governem bem e sem facciosismos de contorcionistas amestrados.

Não perceber isto é não perceber coisíssima nenhuma da mentalidade portuguesa.

O Costa e o Marcelo têm a chave na mão. Ou aproveitam o momento e se deixam de politiquices populistas, de barraca de feira, conversando com os seus pares ou o país, mais ano, menos ano, dispara no erro e exige que espanhóis ou ingleses tomem conta de Portugal, como já uma vez fizeram com os Filipes, 1580-1640, e Beresford entre 1807-1820.

Criados ou senhores?

A resposta é óbvia: unidos, inteligentes, trabalhadores somos mais livres e mais felizes.

 

Anterior “A péssima dicção na Antena 1”

C.S

publicado por regalias às 06:53
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
15
16

19
20
23

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. No meio da salsicharia po...

. É desumano que os países ...

. Melania, inteligência e s...

. Crime contra a humanidade...

. Já que ninguém me ouve, o...

. O elogio da indigência pa...

. Catarina Martins, 5 arrob...

. Trabalhar pelo prazer de ...

. Um país de velhos e de ca...

. Costa, salve os trabalhad...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds