Segunda-feira, 29 de Junho de 2020

Evite o supérfluo para se proteger

O ser humano não passa de uma peça, talvez a mais importante, escolhida pela Natureza para seu serviço, digamos, de cariz Democrático, mas com regras que nunca se devem ultrapassar. E o ser humano tem feito trinta por uma linha sem prestar contas às Forças que regem o mundo.

Desde há alguns anos temos andado a viver sobre uma lixeira que não só contamina a terra, como a poluição marítima está no limite.

A Natureza deixa que o animal racional ponha e disponha da Casa onde habita, mas o incontrolado está a ultrapassar os limites e a Natureza quase perdeu as estribeiras.

O Corona entrou pelos descuidados de boca aberta, ceifou os maduros e apresta-se a levar também os mais verdes que, cavalgando em festas e procissões sindicais, a ignorância multiplica a um ritmo alucinante.

Será que estes alucinados, com dinheiro no bolso, o gastam no supérfluo e na própria morte?

Sempre preocupado como solucionar a pobreza em Portugal e nos outros países do mundo, tenho mostrado, com alguns exemplos, como Salazar o conseguiu fazer, através de uma Democracia Orgânica que chamava os bois pelos nomes, e assim, mostrando força, sem a usar, evitava os estragos e as lutas entre os seres humanos e ainda ajudou a Espanha, saída da feroz Guerra Civil entre 1936-1939 e todos os refugiados da Segunda Guerra Mundial, 1939-1945 sem qualquer discriminação que em Portugal encontraram um porto seguro, como muitos escreveram.

Mas os alarves que falam contra Salazar, desde os sociais-fascistas comunistas até aos capitalistas, só o fazem por interesse, ignorância ou estupidez que, neste momento vai sair cara a muita gente por causa de imbecis que afrontaram o Governo quando ainda era proibido sair de uns concelhos para os outros e eles o fizeram perante a televisão e os outros órgãos de Comunicação Social que divulgaram o evento de uma CGTP pandémica que, pelo exemplo e não castigo Governamental, abriram de par em par as portas a jovens e adultos e a milhões de virus pelo ar. Neste momento ninguém está seguro em qualquer parte do país.

A Natureza está a fazer um esforço, a dar uma nova oportunidade a todo o mundo.

Aquilo que acontece em Portugal acontecerá em outros países se os Governantes quiserem estar a bem com o vírus, os Sindicatos e outros inábeis.

Certeza, admiração e respeito tenho eu por Marta Temido e Graça Freitas. A Ministra e a Diretora-Geral, tudo fizeram para que aquilo que está a acontecer em Portugal não sucedesse.

Obrigado Marta, obrigado Graça.

 

Anterior “Trinta Casas assistiram 60 mil pescadores

C.S

publicado por regalias às 06:17
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Até aos drogados lhes fal...

. Antena1 sucessora dos te...

. Profissionais competentes...

. Programas em reposição na...

. Chega, tem razão. Não há ...

. Pobreza tem de acabar. Os...

. Na cama, papel e lápis sã...

. O medo e o prazer de apre...

. Corromper a juventude atr...

. Portugal não é um País pe...

.arquivos

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds