Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2019

Governos sem força e trabalhadores conscientes

O povo português anda desesperado. Apesar de uma aparente acalmia, a sonolência pode acabar mal.

O Governo e a classe política parece indiferente ao perigo que corre. Empacotam os problemas no futebol, nas intrigas e nas festas.

Para os estrangeiros, Portugal é o melhor dos mundos. É o país das facilidades. Para o português é o das dificuldades.

Passaram 45 anos de Governos sem definição, sem estratégia. A pequena evolução do país deveu-se mais à misericórdia da União Europeia do que há capacidade de Governação.

Esconder o que se passa no país é tapar o Sol com a peneira. Todos têm contas para pagar. Exigir a um trabalhador, com família, mulher e um ou dois filhos, renda de casa, luz e água, que sobreviva com 600 euros é impossível.

A fome não afeta só os dois milhões de pobres que vivem com menos, mas também, os mais de 700 mil trabalhadores com salário mínimo e mais 45 por cento da classe média que se afunda.

Com a situação que todos conhecemos, e com as exigências daqueles que aspiram a melhores ordenados e regalias há que parar até ao final de 2020 com reivindicações e com as greves para obrigar o Governo a Governar competentemente e, depois das Legislativas, o salário mínimo não fique abaixo dos 1000 euros e trabalhos especializados e funcionários com equivalência superior atinjam os 2000 ou perto dessa quantia.

Só desta maneira Portugal conseguirá dar o salto qualificativo, melhorando a economia ao aumentar a produção, o saber, a tecnologia e o conhecimento.

Sem aumentar a produção é erro gravíssimo meter mais trabalhadores em empresas onde eles não são necessários, como se tem visto nalguns setores quando se exige empregar quem não produz.

Com um Estado capaz e com trabalhadores conscientes, toda a gente tem trabalho e prosperidade.

Pensem no assunto. Deixem as greves e verificarão que a partir de 2020 tudo pode ser diferente.

 

Anterior “Inaptos, incapazes, amadores, corromperam a Democracia”

C.S

publicado por regalias às 07:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Vale de Cabrão pode ser a...

. Políticos corruptos: ou m...

. Padres, pedófilos e virge...

. Rui Rio e a Peregrinação....

. Ser bom aluno para ter tu...

. Enfermeiros descobriram m...

. Num lado o PSD em frangal...

. Corja de garotos interess...

. Estivadores e a democraci...

. As crianças inconscientes...

.arquivos

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds