Sábado, 31 de Março de 2018

Isto não é um país a sério. Assemelha-se a uma sargeta

O martírio instalou-se há 44 anos. Não fosse a pesada herança, as esmolas de alguns países e os biliões descarregados da União Europeia, os tontos, como diria, o meu prezado amigo José Pires Ramos, comiam pedras.

Os comunistas, desde o início desta palhaçada revolucionária, tomaram conta do país nos II, III, IV e V Governos do General louco, Vasco Gonçalves, 1974-1975. Portugal nunca mais tomou rumo.

Os Governos bem tentam distribuir a ilusão. Ninguém os acredita.

Somos um país de anarquistas, sem freio. Não somos um país a sério. Cada um insiste em fazer o que entende, mesmo que isso prejudique os outros.

Museus, comboios e aviões fazem greves quando lhes apetece. Os trabalhadores ganham três, quatro, dez vezes mais do que o ordenado mínimo. Os outros não lhes interessam. Eles querem ainda ganhar mais.

Os comunistas, que nunca deram nada a ninguém, dizem sempre que estão ao lado deles. Daqueles que ganham o suficiente para viver bem. Não, os outros, os desgraçados que passam fome, e cara alegre.

O português é tão orgulhoso que esconde o sofrimento.

Dois milhões e seiscentos mil pobres. Mais de quinhentos mil desempregados.

O antigo regime tinha praticamente eliminado a pobreza e não havia desempregados quando a surpreendente revolução se concretizou.

O democrata Marcello Caetano pensou que dando corda ao Golpe, Portugal poderia ficar melhor. Aconteceu o contrário.

Querem os Governantes resolver o imbróglio? Deixem os grevistas em casa. Mandem-lhes o salário segundo o que estipula a lei e substituam-nos por alguns milhares de Ucranianos.

Este país precisa de sangue novo e inteligente. É certo que regressamos ao século XIII quando tivemos que ir buscar gente à Flandres, à Bretanha e ao Norte da Europa para povoarmos o país, mas não caímos na sargeta.

Tenhamos a coragem de envergonhar os sem-vergonha que continuam a viver à babugem, fingindo que trabalham, sem se preocuparem com a situação dramática em que se encontra Portugal.

 

Anterior “E se o espião russo fosse o portador do veneno?”

C.S

publicado por regalias às 11:20
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

16

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Taxistas dão tiros na int...

. Portugalex cede à ignorân...

. Grevistas da saúde, aliad...

. Parvalheira racista domin...

. Antena1, "Conversa Capita...

. Refugiados, solidariedade...

. Falar menos, produzir mai...

. Trump enganado por Ingles...

. Estivadores grevistas e o...

. Bullying indiferente no a...

.arquivos

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds