Quinta-feira, 14 de Outubro de 2021

Livro à procura de autor 1

Tal como escrevi em Blogues anteriores temos de salvar Portugal e os portugueses. Vamos ver. se unidos escrevemos o livro que tenha venda em todo o mundo e mostre de que é feita a vida.

Que título lhe vamos dar?

O Primeiro capítulo vai dividido em vários blogues, para não ficar muito extenso.

No antigo Jornal ”O Século”,fundado em 1880 e removido em 1977 pelo Manuel Alegre, eram publicados livros de muitos escritores em folhetins. É o que vamos fazer.

 

 

CAPÍTULO PRIMEIRO

 

O coveiro encontrou Daniel caído sobre uma das sepulturas do cemitério. Apalpou-lhe as faces e o pulso. Fez um esgar de incerteza, levantou-o como quem carrega um saco.

Ao depositá-lo na maca, que tinha chegado da morgue, verificou que respirava com dificuldade. De fora chamaram-no.

Passados alguns minutos Daniel despertou. Sentiu o cheiro característico dos mortos. Na etiqueta, pendurada no esquife, leu: "Em caso de óbito transportar imediatamente para a morgue".

Com o abalo, que a ideia lhe provocou, levantou-se aterrorizado, tropeçou num banco, caiu no cesto do pão, bateu com a cabeça na gaveta de uma cómoda, ergueu-se de um salto, transpôs a porta e encontrou-se no meio do cemitério.

O coveiro de olhos arregalados exclamou:

- Oh, oh, oh!

Daniel teve um gesto de pudor instintivo.

- Não me olhe assim, homem! Se calhar nunca viu ninguém nu!

- Todos os dias os vejo. De pé como está, não. Deitadinhos. Vêm todos deitadinhos e muito quietos. O Sr. mexe.

- Você é o coveiro?

- Sou o António Manuel Samarra. O Sr. é o industrial Daniel Sortilégio.

- Você conhece-me?

- Não o conheço. Invejo-o.

- Inveja?

- Invejo-lhe a riqueza e a vida regalada que leva.

- Você conhece a história do bêbedo?

- Eu sei lá alguma coisa! Sou coveiro e um brutinho que pr’áqui anda.

- Todos veem a alegria que o bêbedo leva, mas ninguém conta os tombos que ele dá.

- Está bem, está. Olhe para si. Olhe prá sua figura... 

- Você não imagina as frustrações, as preocupações...

- Está bem, está. Uma pessoa com dinheiro só não é feliz se tiver doença na cuca. O senhor fala direito. Não se notam mazelas, a não ser uma nódoa...

- Como sabe?

- Então não vejo. Está em pelo e devia ter batido nalgum lado.

- Você é muito observador…

- Vem ali gente.

Daniel correu para a casa mortuária. Olhou à procura de algo que o cobrisse. Agarrou num pedaço de pano que estava em cima da cómoda e fez uma tanga.

" Que ideia mais idiota a de falar com os espíritos!".

Começava Daniel estas cogitações quando chegou o Samarra.

- Já se foram embora?

- Já. Vieram saber se a cova para o irmão estava aberta. Morreu com uma dose alterada de heroína. Este mês já vão cinco... A droga é o que está a dar. A família paga sempre uma nota gorda cá para o rapaz os enterrar bem fundo, antes que eles se lembrem de andar nus aí pelo cemitério.

- Ó Samarra, você embebeda-se logo de manhã?

- Infelizmente não.

- Infelizmente?

- É. A bebedeira conserva os sentimentos.

- E você já os perdeu.

- Tal como diz.

- Eu não estava vestido?

- Que eu saiba não. E também não sei porque está nessa figura. Agora apropriou-se do pano para cobrir os mortos que por aí aparecem...

Daniel atirou o pano fora, mas sentindo-se nu, voltou a apanhá-lo e a cobrir-se.

- Posso saber como veio aqui parar?

- Não.

- Vê. Contínua arrogante, mesmo que tenha um só farrapo a cobri-lo.

- Não seja inconveniente!

- Primeiro, não sei o que é ser inconveniente, depois ainda não percebi como veio aqui parar.

CONT.

Coloque a máscara. O livro só continua se houver interesse em ler e aprender a escrever livros.

 

Anterior “Temos que fazer pela vida”

C.S

publicado por regalias às 09:10
link | comentar | favorito
1 comentário:
De Skazi a 14 de Outubro de 2021 às 16:33
Muito bom o pouco que li do livro. Por mim pode continuar a escrever o resto. Se o senhor lançar o livro eu compro


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Livro à procura de autor,...

. Livro à procura de autor,...

. Livro à procura de autor,...

. Livro à procura de autor,...

. Livro à procura de autor,...

. Livro à`procura de autor,...

. Livro à procura de autor,...

. Livro à procura de autor,...

. Livro à procuea de autor,...

. Livro à procuea de autor,...

.arquivos

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub