Sábado, 5 de Maio de 2018

Manada; o sexo e o homem, a bolota e o porco

O animal mais parecido com o homem é o porco.

Até meados do século XX, ainda se estudava o corpo humano através do porco. As semelhanças anatómicas são extraordinárias.

O porco não resiste à bolota. O homem não resiste ao sexo.

Trump foi execrado e quase sacrificado pelos dichotes sobre sexo, mas Bill Clinton, homem inteligentíssimo foi bem mais assertivo com a Mónica.

A Manada espanhola de 5 jovens contra uma mulher é igual à dos outros países.

A Natureza é a grande culpada. Precisa quem a cuide e ela não olha a meios para atingir os seus fins.

O homem cega, perde a cabeça pelo género feminino.

Os árabes, para fugir às tentações, cobrem-nas da cabeça aos pés; mesmo assim há sempre umas escapadelas, que ao serem descobertas acabam com a lapidação das vítimas em vez da condenação dos homens.

A besta humana é o pior e o melhor dos animais.

Refiro-me ao homem, aqui me penitencio. A mulher está avançada em séculos. As suas tentações são insignificantes comparadas com as do homo erectus, mais erectus que homem decente, equilibrado, consciente dos seus deveres.

O que aconteceu nas festas de San Fermín, em Pamplona, acontece em todo o mundo. Mas o homem, a besta inconsciente que existe em quase 90% destes animais leva-os a fazer vídeos como troféus, orgulho da bestialidade que enforma este homo de pau erectus e pronto a funcionar a qualquer hora. A culpa é da Natureza e dos Governos.

Sobre a Natureza já falámos. E os Governos, o Estado, que culpas tem sobre aquilo que estes desvairados fazem?

Nunca, em século algum, os Governos tiveram tantas possibilidades de educar, civilizar o homem.

Os Governos dos finais do século XX e agora no século XXI têm todos os instrumentos para orientar os desorientados através das rádios, televisões e da Internet. É fundamental que eles utilizem o digital para fazer avançar os povos em todos os campos. Mas não querem, não sabem, não estão para chatices. A Democracia não pode impedir a besta irracional de andar à solta e fazer todas as asneiras que entender. Quando ultrapassam as normas são apanhados e metidos na prisão. Só aí, os desgraçados compreendem, que foram longe demais nas brincadeiras, nas festas de San Fermín e, mesmo nos dias sem festas, quando o desejo é mais forte do que a inteligência, o decoro e a consciência.

Sem desculpar os jovens desta fatídica viagem de Sevilha até Pamplona, julgo que os Governos devem utilizar, urgente e constantemente, todas as redes sociais para a educação de jovens e adultos em vez de gastar tempos de Antena a apoiar crimes de guerra tal como aconteceu no Iraque, na Líbia e na Síria.

O homem é uma criança, toda a vida.

Quem não compreender isto, não viveu. Passou por aqui. Salvam-se, num máximo, 5 a 10 por cento, os outros são os escravos da Natureza.

 

Anterior “Portugueses no Mundo e ataques de caspa na União”

C.S

publicado por regalias às 06:55
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14

20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Paleio, só paleio, nada m...

. Touradas à portuguesa e t...

. Portugueses no Mundo, ama...

. Dois milhões e seiscentos...

. Portugal, país de atrasad...

. LGBT nas escolas e prosti...

. Lésbicas e lésbicos têm d...

. Sociais-fascistas do BE e...

. Exércitos perdidos no tem...

. Auditem-se Forças Armadas...

.arquivos

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds