Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

O Jornal de Angola, a CPLP e os falsários

Oiçam os comentadores da rádio e os escribas digitais para melhor compreender como se defendem interesses. Oiçam os quadrados da "Quadratura do Circulo" como se humilharam bestializando-se na conversa porque o dinheiro dos quatro juntos vale mais do que os de 200 trabalhadores a bater no duro.

Quanto mais têm mais batem no peito e nas teclas a dizer é meu, é meu.

O cinismo que veste estes falsários está na razão inversa da pobreza e da tristeza que inundou o país e que é visível nos rostos fechados e num vestuário de fraca qualidade.

Ao ouvir, ver e ler o que escrevem os beatos que, agarrados às saias da igreja, lhes paga a emissão e o chorrilho de impropérios contra os países da CPLP (comunidade de Países de Língua Portuguesa) por nela ter entrado a Guiné Equatorial a minha vontade é desmontar um a um estes frustrados farsantes.

São da Direita e da Esquerda com espichos de água benta.

Afirmam-se democratas, defendem a democracia que lhes enche os bolsos num país que tem um PIB de 24,130 mas onde, uns recebem 3,420 outros, os que trabalham no duro 5,820 e outros 40 mil, 60 mil, 70 mil e por aí adiante. São os PIB adulterados onde uns comem a galinha e os outros têm direito a uma asa. No fim chega-se à conclusão que todos comeram por igual.

Estes democratas fingidos revoltam-se porque as populações, através dos seus chefes, querem aderir a outras Comunidades onde possam beneficiar da cultura e do avanço social.

A Guiné Equatorial esteve ligada a Portugal entre os séculos XV e XVIII. Que direito têm estas aventesmas de tentar impedir que outros países se juntem à CPLP se nisso todos retiram vantagens?

Eu que andava a carrear matéria para saltar sobre o Jornal de Angola por causa de algumas afirmações ali expressas contra Portugal, devo aplaudir esta última zurzidela quando o jornalista se atira às elites estrábicas, ignorantes e corruptas da sociedade portuguesa.

Esta gente que vem para os jornais, rádios e televisões mostrar-se muito ofendida por a CPLP não ter o cuidado de salvaguardar os direitos dos seus povos à educação e ao desenvolvimento harmonioso, não se importa com os pobres, criados pela Abrilada, e que em Portugal haja crianças com fome.

A CPLP tenta proteger os direitos humanos ao juntar quem cumpre as suas regras e quem ainda tem falhas. Só assim é possível aprender e por isso o interesse da Guiné Equatorial em se juntar a esta Comunidade sem que os países sejam olhados com sobranceria, mas com a amizade e de braços abertos, como os portugueses sempre fizeram durante séculos.

Não é por acaso que países tão diversos como a Namíbia, o Japão, a Geórgia e a Turquia pediram para ser membros associados da Comunidade de Países de Língua Portuguesa. Também aí estão países como o Senegal e as ilhas Maurícias.

Regiões, como a Galiza, espera autorização do Estado Espanhol para se poder integrar.

Os falsários que se emocionam com os direitos humanos nuns países, não se importam que eles sejam violados noutros.

Que malandragem de sabidos e de ressabiados teremos de aturar durante quanto mais tempo?

C.S

publicado por regalias às 05:16
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Incompetência ou falta de...

. Isto não é um mundo de ge...

. Esplendor de Portugal atr...

. Catalunha é mais poderosa...

. No País dos loucos salvem...

. Profissionalismo, a admir...

. O ser humano comete erros...

. Não deixem morrer a exper...

. Direita e Esquerda domina...

. Aproveitem a ocasião: ins...

.arquivos

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds