Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2022

O País não é pobre se for bem Governado e trabalhar

Dava aulas no Liceu em Tomar, tinha muitos alunos particulares depois das 18 horas e um aluno especial às 7 da manhã, o advogado, Dr. António Tamagnini, para ir a um Congresso a Londres.

Tinha começado as férias no Liceu e minha mulher decidira que eu devia descansar.

Quando me apareceu mais um aluno particular pedi-lhe desculpa e indiquei-lhe outros professores.

Passados seis ou sete dias voltou a bater à porta e disse-me de rompante: “Desculpe professor, mas eu tenho fé é no senhor, leve-me quanto quiser, eu não tenho dinheiro, mas pago-lhe quando regressar de França.” As pessoas conhecem-me.

Aquele “tenho fé no senhor” quebrou-me a vontade de descansar. Perguntei-lhe: o sr, faz o quê?

“ Sou chefe da Oficina do sr. Câncio”

É chefe, e vai sair?

“O sr. Câncio diz que não me pode aumentar duzentos escudos” 1Euro, hoje.

Vamos fazer o seguinte: o sr, dá.me umas luzes do seu trabalho e eu ponho-o a falar francês.

“O meu trabalho é todo prático, disse ele”

O meu, é quase todo.

“mas o sr. vai sujar-se na Oficina”

O sr. Câncio não deixa?

“Deixa. Ele é boa pessoa e eu sou o chefe da Oficina. Ele confia em mim.”

Quanto a sujar-me, não faz mal. Levo roupa velha.

Passado um dia trabalhava na Oficina de eletricidade e, 5 ou 6 dias depois, o meu trabalho era tão eficiente que o chefe da Contabilidade o debitava como se eu fosse um profissional.

Havia muito gente que passava por lá só para dizerem umas chalaças.

“Então professor, mudou de emprego?"

Eu respondia: temos de deitar a mão ao que aparece. A vida está difícil...

O sr. António, depois das primeiras 3 lições pediu-me se a ele se podia juntar um sargento que na Oficina arranjava as televisões e rádios, mas também queria ir para França.

Concordei. Ao fim de 15 dias de aulas e ter verificado que eram duas pessoas interessadas e muito trabalhadoras, resolvi dizer-lhes:

Aqui é que é a França. Aqui podem ganhar tanto ou mais dinheiro como no estrangeiro.

“Como?” perguntaram ambos.

Criando uma oficina.

“Onde?”

Na região.

“Não temos dinheiro”

Eu empresto o dinheiro, sem quaisquer juros.

Para não alongar a história, os dois amigos criaram a “Repal Ourém” e foram tão bem sucedidos que dinheiro nunca mais lhes faltou.

Já há anos que não os contacto. A Repal Ourém ou a venderam ou mudou de lugar e de nome.

Enquanto funcionou foi sempre um exemplo de qualidade.

Portugal é tão rico como qualquer país bem Governado.

Salazar mostrou isso. Partiu do Zero.

Temos em Portugal toda a matéria para tornarmos o País um verdadeiro paraíso, sem pobres, e com trabalho de grande qualidade e bem remunerado. Pense no assunto sem egoísmo, com amor e querer.

 

Coloque a máscara. Todos unidos e competentes seremos sempre mais fortes.

Anterior “Sempre tentei ser pobre para compreender a pobreza”

C.S

publicado por regalias às 02:11
link | comentar | favorito
1 comentário:
De O apartidário a 3 de Dezembro de 2022 às 12:12


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub