Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Os resistentes à Ditadura contaram com Marcello

Apetece-me rir e gozar com os valetes resistentes à Ditadura, que ainda hoje estariam refastelados à espera que a “Ditadura” caísse, se Marcello Caetano não lhes tivesse estendido a mão.

Os tipos que referem a Ditadura e o fascismo na Antena1 começam a meter-me nojo. A seita dos sociais-fascistas, vulgo comunistas, aí grudados continuam a insistir no fascismo, que os locutores, tal como os papagaios se limitam a debitar para irritar quem os ouve. Às 5 e 6 da manhã, o Peixoto cumpriu a obrigação.

A Ditadura começou com a Ditadura Militar em 1926. O fascismo foi proibido por Salazar quando Rolão Preto o quis implantar.

Ao falar em fascistas, estes labregos ignorantes, estão a ofender os militares, suporte do Regime anterior. Foram eles que sempre seguraram as rédeas da Censura até 1974. Marcello trocou-os por um civil, Mário Bento Soares, para lhe pôr fim.

Demagogos, oportunistas e imbecis pensam enganar toda a gente, com uma mentira em que já ninguém acredita devido a dois terços de Portugal viver mal, muito mal, muitíssimo pior que antes desta Revolução de heróis de palha.

Quem acredita numa Ditadura violenta, no regime anterior onde o pai do hoje Presidente da República foi Comissário da Mocidade Portuguesa, Subsecretário de Estado da Educação, Deputado, Governador-Geral de Moçambique, Ministro da Saúde, das Corporações e Previdência Social e do Ultramar? Ninguém. Os Homens de Salazar e Caetano eram impolutos.

Baltazar foi tudo, menos do que um serventuário de uma Ditadura. Ele foi um Homem honesto, trabalhador, inteligente e competente.

Ditadura são os tempos em que hoje vivemos. Ditadura da pobreza, da miséria, da corrupção, do populismo desbragado para esconder as fragilidades do laxismo, do compadrio, da incompetência.

Esta malta esqueceu-se que é preciso trabalhar e ter uma estratégia bem definida. Eles não sabem ou não querem. Estão servidos.

Quem os conhecia bem e os desprezava olimpicamente era Salgueiro Maia, que à minha frente, em casa de Hermínio Martinho e com um ex-Presidente vivo, vários notáveis e o saudoso Lucas Pires, mostrava todo o desagrado pela Revolução onde tinha participado e pensado não levar a lado nenhum.

Salgueiro Maia até levou os recrutas há pouco integrados nas fileiras e de que de armas percebiam tanto como eu.

Esta gandulagem, da mentira populista, começam a enervar-me.

Como não regeneram o país, estes monstruosos pigmeus de incontinência verbal sujeitam-se a que lhes vomitem em cima.

Acabem com as lamechices, as mentiras e os fogos-fátuos para distraírem os mais débeis!

Chega de histrionices e do aproveitamento dos mortos! Governem!

 

Anterior “A orquestra da infâmia e do terror contra a Venezuela”

C.S

publicado por regalias às 06:34
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

16

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. Taxistas dão tiros na int...

. Portugalex cede à ignorân...

. Grevistas da saúde, aliad...

. Parvalheira racista domin...

. Antena1, "Conversa Capita...

. Refugiados, solidariedade...

. Falar menos, produzir mai...

. Trump enganado por Ingles...

. Estivadores grevistas e o...

. Bullying indiferente no a...

.arquivos

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds