Terça-feira, 24 de Novembro de 2020

Para que ninguém esqueça e se iluda

Por mais que os pregoeiros se esforcem por evidenciar as virtudes do 25 de Abril de 1974, ele ainda não passou de um “Manicómio em auto-gestão”, como Portugal era classificado por todos os países da Europa devido à fraqueza dos governantes que cedem a todos os disparates sem pensar verdadeiramente nos interesses do povo.

Depois dos Governos de Cavaco Silva, melhorou um pouco.

A corrupção afundou-o no Governo de Sócrates. E ela é tanta que o dinheiro acumulado pelos gananciosos daria para pagar toda a nossa dívida ao exterior.

O 25 de Novembro de 1975 começa uns dias antes, quando militares mais moderados descobriram uma intentona para ocupar o poder e aí ser instalada uma Democracia Popular, vulgo Ditadura da Ignorância.

A ideia acelera quando o Almirante Pinheiro de Azevedo, Primeiro Ministro do VI Governo, depois do saque à Embaixada de Espanha pela Extrema-Esquerda e o Cerco à Assembleia Constituinte, resolveu, em 19 de Novembro, declarar o Governo em greve.

O Grupo dos Nove, assim conhecido por serem nove os militares, resolveram que não podiam deixar avançar os mais violentos, manipulados pelo Partido Comunista.

Apesar de em menor número e com menos armamento; dirigidos pelo Tenente-Coronel Ramalho Eanes e o operacional Jaime Neves decidiram atuar de imediato, quando os pára-quedistas já tinham tomado todas as bases militares.

Em 24 de Novembro, o povo, sem que os militares moderados soubessem, tinha montado linhas de defesa e contra-ataque entre Rio Maior, Santarém e Tomar.

Para que ninguém esqueça ou se iluda sobre aquilo que Portugal tem sofrido desde há 46 anos a esta parte, o povo, em 2007, deu a resposta e desmascarou estes benfeitores, ao eleger Salazar, o maior Português de sempre. Mas eles fizeram que não entenderam e tentaram dar umas desculpas esfarrapadas e mentirosas.

É tempo de deixar de falar em Ditadura do Estado Novo. Houve Ditadura Militar entre 1926-1933, que terminou quando da Constituição deste mesmo ano. A seguir o Estado Novo para defender o Povo foi, sem dúvida, um Estado com autoridade, e por isso o seu sucesso; mas nunca um Estado Totalitário.

Andar com paninhos quentes a apaparicar Comunistas e Bloquistas é um erro do Marcelo e do Costa.

Lavar a cabeça com sabão a semoventes é perder tempo, paciência e dinheiro. Eles, a elite de penico, não entende.

Coloque a máscara. Não facilite.

 

Anterior “Comunistas avançam. Novembro de 1975 em brasa”

C.S

publicado por regalias às 10:56
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. A Liberdade é um produto ...

. Tino de Rans vai continua...

. Contra Covid, contra Dívi...

. Fazer às batatas o que o ...

. Supramacia negra nos EUA

. Confinado mais em Berlim ...

. Marcelo agora compreendeu...

. Ventura. Publicidade peri...

. Os sinos tocam a finados ...

. Quem são os culpados. Gov...

.arquivos

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds