Quarta-feira, 29 de Julho de 2020

Portugal não é um País perdido, se você quiser

O meu amor a Portugal deve ser tão grande como o seu. Só os chulos, os oportunistas, os preguiçosos, os corruptos e os comunistas que pensam que, quanto pior esteja o País, melhor será para o Partido, esses é que não são confiáveis.

Portugal não é um caso perdido, nem um País pobre e sem recursos, nunca foi. Se fosse, Salazar nunca teria conseguido recuperar Portugal da enorme miséria em que esteve atolado na Primeira República, 1910-1926, e dos anos da Ditadura militar até 1932, altura em que foi convidado para Presidente do Conselho (Primeiro-Ministro).

Quando foi chamado em 1928 para Ministro das Finanças, Salazar fez contas à vida, traçou uma estratégia e seguiu-a. 

Havia dificuldades, mas todos seguiam a orientação do Governo. Salazar dizia sempre o que ia fazer, tal como hoje se faz nos regimes democráticos. Todos os discursos desses primeiros tempos, estão nos jornais da época e em volumes editados pela “Coimbra Editora” com o título “Discursos e Notas Políticas”.

Quando se fala na Ditadura, só se pode compreender pela Ditadura Militar. Primeiro, assumida pelo General Gomes da Costa e depois pelo General Óscar Carmona.

Salazar, quanto a mim, governou sempre numa Democracia Orgânica com prevalência numa Organização Corporativa para “libertar o trabalho do despotismo do dinheiro e levar o dinheiro a servir o trabalho”, segundo as suas próprias palavras.

Conseguiu isso, com algum sacrifício, mas não era nada que não se suportasse. As aventesmas, dos políticos do bota-abaixo, é que tentavam impedir o bom Governo, sem nunca serem capazes de fazer melhor, nem lá perto.

Para não me alongar mais, aquilo que lhe proponho é que em tudo quanto fizer, faça na perfeição. Seja o melhor em tudo. Vai ver que não custa nada, e fica admirado como consegue atingir todos os objetivos sempre a favor de Portugal, mas tirando desse trabalho o proveito natural.

Este pateta, deste Corona, é que veio complicar um pouco as coisas; mas até é mais um obstáculo para pôr as suas capacidades à prova.

Com Corona ou sem Corona Portugal tem de sair do lameiro onde se encontra.

A sua ajuda é importante, não conte só com o Governo. Conte consigo. Acredite em si.

 

Anterior “Um País de aflitos e em chamas”

C.S

publicado por regalias às 06:09
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Afaste doenças e medos co...

. O aproveitamento dos velh...

. O plástico, as regras e o...

. Diminuir armas, acabar co...

. Inveja derrota Jesus na G...

. O estudo é o melhor reméd...

. Os antidepressivos da Ant...

. O despertar das mulheres

. Escola, alegria, greves, ...

. A imaginação e o Corona

.arquivos

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds