Domingo, 9 de Julho de 2017

Portugal transformou-se num covil de ladrões

Desde os Governos comunistas de Vasco Gonçalves, 1974-1975, os políticos aproveitaram-se da ignorância para se encherem de dinheiro.

Basta fazer uma revisão aos acontecimentos a partir do 25 de Abril de 1974 para se ter a certeza de que os milhões desviados por políticos, amigos, militares e ladrões ultrapassa a dívida do país.

Tudo começa com Vasco Gonçalves, Cunhal e Melo Antunes.

A infiltração em todos os serviços de Estado, com especial incidência nas Forças Armadas foram os seus grandes objetivos, frustrados, em parte, porque Jaime Neves os impediu de tomar conta de Portugal.

Melo Antunes, sabendo que nunca venceria o seu camarada de armas, convenceu Cunhal a travar a cintura industrial de Lisboa e faz sair o Documento dos 9 para impedir a ilegalização do PC.

Ramalho Eanes declara, com todas as letras que, se o 25 de Novembro de 1975 tem falhado, ele seria fuzilado.

Os roubos Comunistas continuaram. Foi a liberdade apregoada por Cunhal. A liberdade para roubar, destruir empresas e meter paus na engrenagem para encabeçar mais golpes à Palma Inácio.

Há dias o General Frutuoso Pires Mateus sintetizou em poucas linhas, as condições de segurança dos paióis de Tancos “com uma caserna e uma área de alimentação para 30 militares em permanência. Cada paiol tinha um portão com uma chave própria e código de entrada.”

Era a segurança máxima. Só os graduados sabiam as regras.

A algazarra feita a propósito da exoneração temporária dos comandantes das 5 Unidades, com responsabilidade na vigilância da área é fumo.

O importante é encontrar os autores do assalto e o material roubado. Mas isso é o que menos lhes interessa. No roubo estão envolvidos militares.

Se o material não for rapidamente recuperado e parte dele seja utilizado na Europa, com centenas ou milhares de inocentes mortos, Portugal pagará bem mais caro do que pelo assalto e destruição da Embaixada de Espanha pela UDP com a proteção dos militares do Partido Comunista, durante o PREC.

Ladrões, corruptos, charlatães, oportunistas e assassinos das FP 25 amnistiados por Soares, são herança de Cunhal e Soares.

Dizer o contrário é esconder a verdade até Portugal desaparecer no meio do riso patético de todos os cretinos que Governaram e cederam, por interesse próprio, à ignorância e demagogia comunistas.

 

Anterior “Antena1 dá cobertura à inconsciência política militar”

C.S

publicado por regalias às 06:16
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Anónimo a 10 de Julho de 2017 às 09:46
Por mais que se queira atribuir culpa aos comunistas por tudo o que de errado possa ter acontecido no país no pós 25 de Abril (sem dúvida haverão responsabilidades no que respeita a nível de poder local e afins) não se pode "esquecer" o facto de que o país tem sido governado por outros partidos que não o comunista, logo é um argumento que cai de podre em qualquer análise séria. Em boa verdade, o maior roubo cá no burgo aconteceu na governação cavaquista, com a atribuição de fundos comunitários, mas essa é uma "estória" que ninguém ousa contar, pois é mais fácil falar do 44 como se fosse o único gatuno que assaltou o burgo.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Portugueses no Mundo, ama...

. Dois milhões e seiscentos...

. Portugal, país de atrasad...

. LGBT nas escolas e prosti...

. Lésbicas e lésbicos têm d...

. Sociais-fascistas do BE e...

. Exércitos perdidos no tem...

. Auditem-se Forças Armadas...

. Maldade é própria dos fru...

. Portugal, país do poucoch...

.arquivos

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds