Quarta-feira, 31 de Julho de 2019

Regionalizações, hesitações, referendos e política

João Lopes Porto considerava João Cardona Cravinho um homem honestíssimo e dos políticos mais inteligentes que ele conhecia.

O João Porto era do mesmo quilate: não vergava perante um desaforo feito a um colega de Partido.

Quando Freitas do Amaral me fez um processo, que perdeu, o João foi o único que me defendeu e justificou a minha atitude, quando o CDS ajudou a derrotar Nobre da Costa.

Eanes, no dia anterior, tinha-me dito, com aquele à vontade de Beirão: “já tenho Primeiro-Ministro, o teu patrão vai votar Nobre da Costa”.

No dia da votação, Freitas, ordena ao Grupo Parlamentar para votar contra. Disse-lhe imediatamente que votava por Nobre da Costa.

À Noite, na altura da votação, o Freitas lembrou-se do que eu disse, veio à minha bancada e perguntou-me: “vota connosco?” Não. “Então saia”. Não saio. O grupo viu o chefe tão aflito que me envolveu. Cada um implorava que saísse. Perante a avalanche de vozes de bons amigos, saí. Mas quando me preparava para abandonar a Assembleia na companhia do Padre Anselmo Borges a quem eu dava boleia até Tomar, a Secretária veio em corrida pedir-me para não abandonar o Parlamento pois havia uma reunião a que tinha de assistir.

Depois da votação e derrota de Nobre da Costa entrei no areópago onde fui surpreendido com o processo apresentado pelo Presidente do CDS.

O prélio durou até às cinco e quarenta da manhã. Freitas tinha sido derrotado, com votação de braço no ar, para ter a certeza que ganhava. Perdeu. Eu não fiquei contente. Admirava Freitas do Amaral pela sua inteligência, saber e memória fabulosas, mas era um mau estratega. O Padre Anselmo Borges tinha seguido as discussões em voz alta. Ele estava sentado junto de uma porta da sala do CDS. Tive de lhe contar o que aconteceu sob juramento. O assunto era secreto. 

No Clube dos Empresários, num jantar de consagração ao vencedor das Presidenciais com 46,31% na Primeira volta; mais uma vez, perante os rasgados elogios ao candidato da vitória certa, levantou-se o surdo a estragar a festa. Fiz uma pequena alocução demonstrando que ele podia perder. O Dr. Proença de Carvalho veio ter comigo e perguntou-me onde estava a minha certeza. Respondi-lhe que o Professor se queria ganhar tinha de falar comigo.

Algum dos que me lê, falou comigo? O Professor também não. Perdeu.

O Problema do Freitas era só falar com os Generais. Mas são os sargentos e furriéis que arrastam as tropas para o combate.

O Engenheiro João Cravinho, homem que o João Porto nunca esquecia de trazer à baila quando estava com ele na Cidade invicta, é na verdade de toda a confiança para liderar a Regionalização.

É certo que João Cravinho, não conseguiu levar avante a sua luta contra a corrupção e por isso deixou a nave de loucos, que rejeita os mais capazes.

O povo hesita porque deixou de acreditar. Deu o sinal quando rejeitou, em referendo, a regionalização e mais tarde elegeu o Dr. Oliveira Salazar como o maior Português de sempre.

Será que os Governantes são cegos, surdos e burros perante os avisos do povo?

Com João Cravinho acredito que a Regionalização vá avante, mesmo que algumas vozes discordantes pensem que o País é pequeno demais para estas mordomias. Esquecem a Suíça que é metade de Portugal.

Óculos, juízo e vontade de trabalhar é aquilo que falta.

 

Anterior “Antena1 em queda livre no Verão”

C.S

publicado por regalias às 20:46
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub