Segunda-feira, 28 de Novembro de 2022

Salada: notícias falsas e verdadeiras são guerra mental

A quantidade de notícias é tanta e tão contraditória que os espíritos fracos têm de dar em doidos à força de ouvir e ler, o que dizem e o que escrevem.

Eu tento fugir ao choque procurando outros interesses. Neste momento estudo as famílias Salema e Corte-Reais; publico, pequenos textos, para os refugiados Ucranianos se sentirem em casa e desenvolvo ideias que me acompanham desde a juventude.

O que é certo é que eu nunca achei graça ao mundo onde vim cair.

Mas como já aqui estou faço os possíveis para o compreender e ser útil nos serviços que desempenhei e me esforço por fazer.

Uma das minhas filhas diz-me para não me preocupar, mas preocupo-me, não comigo, mas com aquilo que corre pelo mundo.

Há dias ouvi uma jovem Irlandesa Mia During, que está em Portugal, para com a sua experiência ajudar as mulheres portuguesas, em casos de violência. Ela, segundo percebi, foi forçada a prostitui-se e os amigos e amigas não compreendem como os LGBT fazem tanta publicidade às suas causas, se aqueles assuntos são do foro privado.

Acham que a Democracia não é cada um expor as suas fraquezas, e que dois terços do mundo as rejeitam e as atacam para as eliminar.

A Democracia não incita à exposição, incita que cada um seja livre, mas que evite influenciar quem quer que seja desde que o assunto seja privado. Em plano aberto só os irracionais.

Interessei-me pelo caso da Mia During, mas esqueci-o por causa do exagero de notícias, falsas umas, verdadeiras outras.

 

Coloque a máscara. Ela não evita os criminosos que fazem as guerras, mas podem impedir os vírus que atacam os descuidados.

Anterior “Português, Russo, 130 - Dobrada”

C.S

publicado por regalias às 08:03
link | comentar | favorito
3 comentários:
De O apartidário a 3 de Dezembro de 2022 às 08:50
"A quantidade de notícias é tanta e tão contraditória que os espíritos fracos têm de dar em doidos à força de ouvir e ler, o que dizem e o que escrevem."__________ sem dúvida.


De O apartidário a 3 de Dezembro de 2022 às 08:53

"Acham que a Democracia não é cada um expor as suas fraquezas, e que dois terços do mundo as rejeitam e as atacam para as eliminar.

A Democracia não incita à exposição, incita que cada um seja livre, mas que evite influenciar quem quer que seja desde que o assunto seja privado. Em plano aberto só os irracionais."___________ completamente de acordo, obviamente.


De O apartidário a 3 de Dezembro de 2022 às 08:59


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub