Sexta-feira, 24 de Abril de 2015

Sarkozy, Obama, Cameron e o naufrágio da Europa

A destruição da Líbia por estes três chacais pode trazer gravíssimas consequências a uma Europa que vive mais da conversa mole entre os chefes dos Estados Europeus do que da sensatez como os problemas de prevenção devem ser encarados para evitar o naufrágio da Europa.

Para não pagar uma dívida, Sarkozy pensou em eliminar o dono do empréstimo. Não encontrou melhor método do que convidar mais dois comparsas acenando-lhes com a qualidade e a quantidade do petróleo Líbio que lhes aumentaria a riqueza sem qualquer problema e a impossibilidade das outras nações se oporem ao genocídio imaginado por causa de uma dívida e de muito hidrocarboneto de primeiríssima qualidade.

Numa das maiores e inqualificáveis barbaridades destes últimos dois séculos, a Líbia foi invadida e destruída pela infâmia do Sarkozy, do Cameron e de um homoide que foi aceite com honras de Prémio Nobel e se revelou um desastre e uma verdadeira calamidade.

Estes três, Sarkozy, Cameron e Obama, verdadeiros inconscientes dos atos cometidos não pensaram que ao fomentarem o caos e a desgraça do povo Líbio estavam a abrir as portas da Europa a um pesadelo constante e a uma possível guerra, de consequências imprevisíveis como são todas as guerras.

Para Obama é algo sem importância. Está longe, julga ele.

Mesmo quando o Bispo de Tripoli e os Professores estrangeiros que estavam e ensinavam na Líbia alertaram estes três irresponsáveis que era um erro e um crime o que estavam a fazer, eles não pararam até desfazerem todas as estruturas de um Estado organizado e próspero e lhe assassinaram o seu líder, Muammar Khadafi, que sempre conseguiu manter, as fronteiras marítimas, locais seguros.

Hoje, devido à desordem em que o país mergulhou, as hordas terroristas encontraram na Líbia o terreno ideal para cometer toda a espécie de crueldades enquanto se preparam para o assalto à Europa.

É assim que o Mediterrâneo se transformou no maior cemitério a nível mundial e passará, caso não se consiga resolver rapidamente o problema da Líbia, dos terroristas e dos imigrantes, num outro Mar Morto onde as epidemias se juntarão aos exércitos da morte e ceifarão, primeiro, os países em que as suas águas tocarem e em seguida irão por aí acima, não poupando Turcos, Russos, Suecos, Noruegueses, Finlandeses e em todos onde possa deitar o dente da peste.

E tudo começa pelas três pestes, supramencionadas, S.O.C, que continuam beatificamente a assobiar para o lado.

C.S

publicado por regalias às 10:21
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub