Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2016

Sírios e iraquianos devem voltar aos seus países

Os Ocidentais abriram um vulcão que turcos e israelitas vão aproveitar até à exaustão se não forem constantemente monitorizados para lhes avaliar comportamentos.

Os árabes foram apanhados numa trapaça da qual ainda não saíram e que dificilmente sairão se a Rússia e os EUA não impuseram fim aos conflitos e os refugiados, que estão na Turquia e noutros lugares, amontoados como animais e sem emprego, não regressem aos seus países.

Pelo lado da Rússia as barbaridades contra o povo sírio estão perto do fim.

Os americanos, que tiveram muitas culpas pelo que aconteceu têm de desatar o nó que deram, e resolver o problema do Iraque através do dialogo entre os Xiitas do Governo de Bagdade e os Sunitas de Mossul que quiseram formar um Califado autónomo em substituição do país perdido quando da invasão decretada por Bush e Blair e que deu origem aos crimes mais horrendos e às invasões mais inesperadas na Líbia e na Síria.

Os Ocidentais com poder, dinheiro e armas sofisticadas não mediram as consequências do que fizeram ao não contar com a era digital que pode transformar cada combatente numa verdadeira máquina de guerra.

Em Mossul, os guerrilheiros Sunitas, ou terroristas ou o que lhes queiram chamar, conhecem Mossul, como os dedos das mãos e aparecem nos lugares mais inesperados. Só um, mata tantos ou mais do que qualquer exército.

Para os vencer ia ser preciso exterminar a população civil.

Depois deste atentado na Alemanha com um camião, vão seguir-se os EUA onde há muitas portas abertas para os terroristas afiarem os dentes.

O pior do que pode acontecer a um país são os atos causados por mimetismo. E podem ser as atitudes mais simples, mas que funcionam multiplicando-se por dezenas, centenas, milhares.

Salazar travou as mortes por enforcamento, proibindo que fosse divulgado o nome de alguém que se tivesse suicidado.

Em povoações pequenas, quando não havia possibilidade de esconder que fulano tinha posto uma corda ou pescoço, era certo e sabido que quatro ou cinco lhe seguiam o exemplo.

Esta, dos veículos motorizados não é uma boa notícia, agora são os camiões; em breve serão os drones.

Os homens ou tomam juízo ou entregam os Governos às mulheres.

Elas são fonte da vida, nunca de destruição.

 

Anterior “Paixões inacessíveis animam os sonhos da juventude”

C.S

publicado por regalias às 06:00
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De pvnam a 25 de Dezembro de 2016 às 09:07
«Os homens ou tomam juízo ou entregam os Governos às mulheres.»
.
.
Oi, abre os olhos, é PATÉTICO quereres discriminar os homens ---» por todo o mundo, as sociedades 'penalizadas' com incapacidade de renovação demográfica SÃO PRECISAMENTE as sociedades aonde as mulheres foram dotadas de toda a Liberdade e Independência: ou seja, as sociedades 'penalizadas' com incapacidade de renovação demográfica são precisamente as sociedades aonde as mulheres possuem um maior peso/força de decisão!... Consequentemente, as mulheres perderam toda a autoridade moral de reivindicar, para elas, o Monopólio da Decisão de quem é que possui (e de quem é que não possui) o Direito de ter filhos!!!
.
Mais, BANDALHEIRA: criticam a repressão dos Direitos das mulheres... todavia, em simultâneo... não se preocupam com a construção duma sociedade sustentável (média de 2.1 filhos por mulher), e anda por aí a apregoar aos sete ventos que a resolução do problema demográfico da Europa está na nacionalização da 'boa produção' demográfica daqueles que tratam as mulheres como úteros ambulantes [a 'boa produção'... foi proporcionada precisamente pela repressão dos Direitos das mulheres] - ex: islâmicos.
.
.
.
.
Anexo:
Uma riqueza que as regiões/sociedades não podem deixar de aproveitar
.
-» Muitas mulheres heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc;
-» Muitos homens heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc;
CONCLUINDO: é uma riqueza que as sociedades/regiões não podem deixar de aproveitar - a existência de pessoas (homossexuais ou heterossexuais) com disponibilidade para criar/educar crianças.
.
---» Já há mais de dez anos (comecei nos fóruns clix e sapo) que venho divulgando algo que, embora seja politicamente incorrecto, é, no entanto, óbvio:
- Promover a Monoparentalidade - sem 'beliscar' a Parentalidade Tradicional (e vice-versa) - é EVOLUÇÃO NATURAL DAS SOCIEDADES TRADICIONALMENTE MONOGÂMICAS...
{ver blogs http://tabusexo.blogspot.com/ e http://existeestedireito.blogspot.pt/}
.
.
P.S.
Tal como eu explico no blog «http://tabusexo.blogspot.com/» - o Tabu-Sexo não se tratou de um mero preconceito... foi, isso sim, uma estratégia que algumas sociedades adoptaram no sentido de conseguirem Sobreviver... leia-se: o Tabu-Sexo tinha como objectivo proporcionar uma melhor Rentabilização dos Recursos Humanos da Sociedade... leia-se, o verdadeiro objectivo do Tabu-Sexo era proceder à integração social dos machos mais fracos!!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


21
22
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Greve do descaramento de ...

. Comissão Europeia oferece...

. Depois dos voadores, os a...

. Chusma de indignados port...

. Seguro Sanches substituíd...

. Só há um trabalhador em P...

. As surpresas do Costa e o...

. Povo Português está farto...

. Marcello Caetano já deu v...

. Quem Governa Portugal são...

.arquivos

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds