Sábado, 22 de Fevereiro de 2014

Submarinos socialistas à portuguesa

Quem começou a compra dos submarinos foi o Governo de António Guterres.

Quando os súcias criticam essa compra por inapropriada, o que é verdade, mas depois se tenta assacar todas as culpas para os Governos seguintes passa-se uma esponja sobre o início do negócio como faz a barracuda Ana e todos os outros vigaristas que arranjaram aqui um motivo para esconder todos os falhanços dos Governos, como se eles só tivessem este motivo.

Foram eles que desencadearam o processo, mas nunca o mencionam.

Fingem-se virgens do escandaloso dinheiro que esportulam ao povo português e por isso o tentam esconder com assuntos que há muito deviam estar resolvidos.

A Barracuda e o Alberto insistem nos submarinos para que ninguém lhes exija que apresentem uma proposta para reduzir para metade o número de Deputados e para lhes diminuir, também para metade quanto recebem, de modo a que o salário mínimo seja aumentado.

Eles escondem o que fazem com movimentos de diversão.

Verdadeiros submarinos são esta Barracuda que, como Deputada no Parlamento Europeu, e nos ganchos onde mete o bico recebe fortunas para inventar ou esconder histórias para embalar néscios, assim como os outros que por aqui vivem e se aumentam 91,8% nos subsídios de férias e de Natal para o ano de 2014 tal como vem no Diário da República. 1ª série – nº 226 – de 21 de novembro de 2013.

O país desde o 25 de Abril tem estado entregue a um monte de sanguessugas e ao saque de que o Partido socialista é fértil e de que é exemplo o Soares da Fundação, das viagens e de tudo quanto quis.

Muitos dos estrénuos socialistas são indivíduos que entraram na política com os fundilhos das calças remendados e hoje arrotam milhões de euros desviados do povo que vive miseravelmente.

Mas a Barracuda, o Martins, o Soares, os Almeidas, os Sampaios e as outras centenas que podem ser citados, gritam um socialismo mentiroso, reles e infame que faz perder a cabeça ao mais sensato, quando autênticos vigaristas tentam fazer-se passar por gente séria, facilmente desmontável se uma auditoria às suas contas e aos seus dizeres fosse feita para mostrar que não passam de funâmbulos cansativos e ordinários.

C.S

publicado por regalias às 14:11
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13


24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Portugal, País de marinhe...

. Acredito na inteligência ...

. Todos mandam, ninguém se ...

. “Liga” perde combate na c...

. Em 146 a.C destruíram Car...

. O fim da guerra com estro...

. Estupidez criminosa alime...

. Tanto quis ser pobre, que...

. Português -Russo, 145

. Português -Russo. 144

.arquivos

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub