Sábado, 12 de Dezembro de 2015

Todos de olhos postos na Utopia do Costa

A surpresa deixou todos de boca aberta: o Costa tinha sido sagrado Primeiro-Ministro contra 99,9999% de incrédulos.

A favor do Costa só teve o António Costa.

Estou em crer, no entanto, que muitos da Esquerda e Direita, já que a moda agora é, tal como marcar passo: esquerda, direita, esquerda direita, ninguém se incomoda.

Também Marcello Caetano repetiu muitas vezes que apontava para a direita e seguia para a esquerda e vice-versa.

Com estas modernices a gente habitua-se e enxovalha ora uma, ora a outra, porque nós é que sabemos e os políticos são umas bestas a quem pagamos para trabalhar e eles só fazem o que lhes apetece.

O Costa agarrou todos pelas partes fracas e ninguém está descontente.

Os comunistas e os bloquistas tentam a provocação contra os desbancados do Governo, mas eles, sensatamente, não respondem a irresponsáveis.

O Costa entra assim nas hostes direitistas sem grandes escaramuças por que Portugal está em jogo e a brincadeira acabou.

Eu, que todos os dias invoco os espíritos para bem de todos os portugueses e de todo o mundo, cheguei à conclusão que o Costa tem como seu guia e protetor, mesmo que nunca o invoque, Thomas More, o Homem da Utopia.

António Costa teve o arrojo de, contra todos: os seus pares e os ímpares, declarar convictamente que ele seria Primeiro-Ministro.

A gargalhada ouviu-se no país inteiro. Ficou impávido. Foi até à tertúlia socialista e…quando de lá saiu trazia carta-branca para se enforcar com o sarilho de muitas voltas que ele desafiara.

O tempo vai passando e, até eu, que lhe tinha dado umas pauladas por causa de ter posto em cheque um patrício seguro, agora esforço-me para que o Costa, em vez de dar o peito às balas, saiba conter-se e gerir com proficiência a causa pública, seja capaz de reerguer Portugal e, com fama de esquerdista ou direitista, ou outro qualquer rótulo que lhe queiram aplicar e a que ele continua indiferente, seja capaz de salvar Portugal.

Mas ninguém me tira da cabeça que aqui anda espírito de Tomás Moro e da Utopia.

 

Anterior “ Entre o Nóvoa e o Marcelo, venha o diabo e escolha”

C.S

publicado por regalias às 06:22
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Em Portugal até os burros...

. Afaste-se do Corona, mas ...

. Acudam aos refugiados Sír...

. A Europa arrisca-se a mor...

. Aproveite o Corona para r...

. É tempo de Abril mostrar ...

. A pequenez do ser humano ...

. O Criador e as suas fúria...

. O que é demais é moléstia

. Os heróis da Limpeza em T...

.arquivos

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds